Doce siciliano conquista o paladar dos paulistanos

O cannoli, tradicionalmente italiano, é tendência no bairro Bela Vista. 

por Débora Pinho e Thaís Jorge

“Leave the gun, take the cannoli”. Após ter ficado conhecido mundialmente na década de 70, com a famosa frase do personagem Peter Clemenza, do filme O Poderoso Chefão, o cannoli está sendo redescoberto pelos brasileiros. Na capital paulista existem muitas padarias, confeitarias e até mesmo uma loja especializada – a Cannoleria do chef Alexandre Leggieri, na Frei Caneca, 1071 – que fazem o tradicional doce. O cannoli é uma sobremesa em formato de canudo feito com massa frita leve e crocante,recheada com diversos sabores.

A sua principal característica está no contraste da crocância da casca com a cremosidade do recheio. Hoje em dia, são usados cilíndros metálicos para dar o formato de canudo, mas, originalmente, era usada cana-de-açúcar e até bambu para dar a forma de “pequeno tubo” ao fritar. O sabor clássico é composto de creme de ricota, frutas critalizadas e aromatizado com raspas de limão ou água de flor de laranjeira, mas por aqui o doce já ganhou muitas versões.

Os recheios variam dos mais suaves e tradicionais, como o de creme de baunilha, aos mais inusitados e brasileiros, entre os quais podemos destacar o romeu e julieta. Essas delícias sicilianas fazem parte do que hoje se chama comfort food, comidas que nos trazem memórias e são capazes de nos remeterem, por meio do paladar, para outras épocas, confortar e despertar emoções.

História

A História nos conta que o doce era feito durante o carnaval, em Palermo,na região da Sicília, antes da dominação árabe e simbolizava a fertilidade. Atualmente, o cannoli é encontrado na Itália em todas as épocas do ano e, graças à imigração, em muitas outras cidades espalhadas pelo mundo. Em Nova York os canudos fazem grande sucesso e podem ser encontrados nas docerias em diversos sabores.

Cannoli da Padaria São Domingos, no Bela Vista.

Onde encontrar

No bairro Bela Vista, tradicionalmente italiano, não poderia faltar locais que comercializem o delicioso cannolo, o singular de cannoli. A Padaria São Domingos, uma das primeiras do bairro, permanece há 4 gerações produzindo o cannoli. “Aqui na padaria o doce é feito desde a inauguração, em 1913, com a mesma receita. Temos clientes que vêm em busca dos pães, mas existem outros que só vêm para comprar os cannolis”, conta Leonice Albanese, esposa de Silvio, um dos donos do estabelecimento.

Os canudos sicilianos são encontrados na casa no sabores creme e chocolate e têm a massa leve e crocante, como deve ser e a doçura no ponto certo. A receita, guardada a sete chaves, não é revelada de maneira nenhuma, nem é permitido que o preparo seja visto, muito menos fotografado. Tudo para que o segredo, passado de geração em geração, não seja copiado e permaneça entre os Albanese.

Outra casa que oferece a saborosa sobremesa é a padaria Basilicata, inaugurada em 1914. Aos domingos, é preciso chegar cedo para garantir o canudo crocante, pois nesse dia o doce acaba rapidamente. Localizada na Rua Treze de Maio, a principal do Bela Vista, a Basilicata conta com um ambiente espaçoso e aceita encomendas.

Padaria São Domingos

Rua São Domingos, 330 – Tel: (11) 3104-7600

Horário de funcionamento: de segunda a sábado das 07h às 20h, domingo das 07h às 15h.

Preço do cannoli: R$ 6,00, a unidade.

Padaria Basilicata

Rua Treze de Maio, 614 – Tel: (11) 3289-3111

Horário de funcionamento: de segunda a sábado das 07h às 20h, domingo das 07h às 14h.

Preço do cannoli: R$ 4,50, a unidade.

Em ambas padarias os cannolis são produzidos diariamente, na São Domingos exceto às segundas-feiras.  

Cannoleria Café Di Dante

Além da versão original do cannoli, lá você pode encontrar variações, como nos sabores Nutella, crema pasticcera e doce de leite com lascas de amêndoa. Rua frei Caneca, 1071 (No Instituto Cultural Ítalo-Brasileiro) – Tel: (11) 3141-0672

Horário de funcionamento: de segunda a sexta das 15h às 21h e aos sábados das 9h às 15h. Fechado aos domingos e feriados.

Preço: R$ 4,50, cada.

Anúncios

3 thoughts on “Doce siciliano conquista o paladar dos paulistanos

  1. Meninas,
    Parabéns pelas matérias publicadas até agora! Todas foram muito prazerosas de ler e, definitivamente, me deixaram com água na boca!
    Acabaram de conquistar uma seguidora do blog de vocês.

    Beijos pra cada uma

  2. Pingback: Casa di Dante e os quitutes italianos de Leggieri « Questão de Gosto

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s